Colágeno em pó - Ajuda no combate as celulites

by - outubro 26, 2010


Hello girls!
Estava lendo uma matéria sobre o colágeno em pó onde mulheres deram seu depoimento dizendo que foi acrescentar 1 colher de sopa de colágeno em pó ao leite ou suco no café da manhã, seguindo substituir a comida congelada por verduras, legumes e frutas frescas, cortar o refrigerante, comer massas e doces apenas uma vez por semana e fazer atividade física diariamente, com isso, o organismo  passa a funcionar melhor, o que facilita a eliminação de toxinas, dificulta o acúmulo de gordura e, consequentemente, diminuiu a celulite.
Quanto ao uso de colágeno em pó, estudos apontam que a ingestão de 1 colher de sopa cheia por dia realmente colabora para a melhora da elasticidade e da firmeza da pele.
Por que essa substância tem tanto poder? É um tipo de proteína. Aliás, 30% da proteína do nosso corpo é colágeno, que tem como funções principais formar as fibras que dão sustentação à pele. O colágeno é naturalmente produzido pelo nosso organismo, mas estudos mostram que, a partir dos 30 anos, o corpo sofre uma perda anual dessa proteína em torno de 1%. “Dos 50 anos em diante, a queda aumenta drasticamente”,  A produção passa a ser de apenas 35%, em média.
Por isso, alguns nutricionistas, dermatologistas e médicos ortomoleculares consideram o consumo do suplemento importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50. Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno passa pelo processo de hidrólise (quebra das moléculas de proteína) para ser absorvido facilmente pelo organismo.
Sabrina Sato e Letícia Spiller aderiram ao colágeno em pó faz tempo, Claudia Ohana acaba de virar fã. O suplemento entrou no cardápio das atrizes que querem manter o corpo firme e o rosto jovem por mais tempo. E tudo indica que está dando super certo. Você também pode fazer o mesmo para adiar as ruguinhas. O colágeno é barato, prático (basta dissolver o pó na água), facilmente encontrado no mercado e sem contra-indicação.
Por que o colágeno funciona com a dieta?
Se voce está na faixa dos 20 anos fique tranquila! Uma dieta caprichada em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente. Agora, se você vive estressada, fuma e abusa do sol, a produção desse componente começa a falhar mais cedo. E, sozinha, a dieta pode não dar conta. Para essas pessoas é recomendada a suplementação a partir dos 21 anos.
O que as mulheres mais sentem com a queda do colágeno é a redução da elasticidade e a hidratação da pele. Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo. “As unhas e o cabelo também ficam quebradiços e sem brilho”,  Tem outros prejuízos que a gente não nota de imediato: tendões, ossos e cartilagens, estruturas de sustentação que dependem do colágeno  ficam fragilizadas.
Menos fome e mais músculos
Para sentir na pele os efeitos do colágeno, classificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) como novo alimento, você precisa consumi-lo todos os dias. Alguns profissionais preferem indicar a substância manipulada de acordo com a necessidade de cada paciente, mas também é vendida pronta, em cápsula ou em pó. A primeira opção é mais prática. Mas a segunda, diluída em água, tem a vantagem de proporcionar saciedade. Ou seja, de quebra, dá uma força no controle do peso. SeVocê malha? Ótimo! “Nesse caso, o colágeno também ajuda na construção dos músculos”.
Os primeiros efeitos podem ser percebidos após dois ou três meses do consumo diário. Vale tentar!
 As fibras do Colágeno são responsáveis, além de outras funções, pela estrutura dos ligamentos, pela entrada de luz na córnea, distribuição de fluídos nos vasos sangüíneos, manutenção da massa muscular e outros.

Fotos: publicação
Fonte: ww.claudia.abril.com.br

You May Also Like

0 Comentaram