Ritual de depilação ganha novos significados que vão além do padrão de beleza.

by - abril 17, 2017


Depilação é sinônimo de liberdade feminina, releva pesquisa feita pela Philips.

Ritual de depilação ganha novos significados que vão além do padrão de beleza
Um assunto que até pouco tempo era tabu, está cada vez mais em pauta nas conversas entre as mulheres. O tema depilação ganha relevância e, muitas vezes, é um dos sinônimos de liberdade feminina nos tempos atuais. Isso porque, cada vez mais, elas se sentem livres para escolher se querem ou não depilar. Na contramão da associação primária entre depilação e sexualidade, de forma unânime, o estudo mostrou que antes de tudo, para elas a depilação é um ritual intimamente ligado com a segurança que a mulher busca alcançar em relação ao próprio corpo, além da autoimagem que deseja projetar.

De acordo com os achados da pesquisa, esses sentimentos são moldados dependendo da fase de vida da mulher. O estudo mostrou que a depilação é um ritual que acima de tudo tem a ver com sentir bem consigo. Na adolescência, a depilação entra no universo juvenil associada de forma mais direta à higiene, além da autoafirmação da menina que passa a se ver e ser vista como mulher. Da mesma forma, a questão da autoimagem vem à tona novamente em momentos de pós-relacionamento. A depilação para a mulher nesta fase ganha uma importância e um significado maior no sentido de que passar a ser um dos fundamentos no processo de ganho da autoconfiança.

Histórias reais sobre depilação

Na adolescência, a depilação entra no universo juvenil associada de forma mais direta à higiene, além da autoafirmação da menina que passa a se ver e ser vista como mulher. Da mesma forma, a questão da autoimagem vem à tona novamente em momentos de pós-relacionamento. A depilação para a mulher nesta fase ganha uma importância e um significado maior no sentido de que passar a ser um dos fundamentos no processo de ganho da autoconfiança.
No momento da gravidez ou pós-parto, das tantas alterações ocorridas no corpo, as mulheres que vivem essa fase enfatizaram que lidar com um corpo transformado pela experiência da gravidez alterou profundamente a rotina da depilação. Mais sensíveis a dor e preocupadas com a segurança do bebê, muitas vezes, elas abrem mão deste hábito por receio.
Outro contexto que a depilação aparece associada com sentimentos de segurança é das mulheres adeptas ao estilo de vida fitness. E neste contexto, a depilação significa para elas é segurança, autoconfiança para se expor constantemente ao olhar das colegas de equipe, adversárias, treinadores, homens e mulheres nas academias. Para essas mulheres, mesmo estando “protegidas” pelos uniformes, se não estiverem depiladas se sentem expostas e inseguras com o corpo. Sendo que algumas relataram que já abriram mão de treinar por não estarem depiladas.
Outras duas fases investigadas na pesquisa foram mulheres que estão iniciando a vida universitária e as que estão assumindo cargos de lideranças. Nestes momentos de vida, a depilação aparece como parte da rotina delas, sem significações especiais como em outras fases da vida.
A pesquisa encomendada pela Philips teve como foco entender a relação entre depilação com as diferentes fases de vida da mulher. O estudo qualitativo conduzido com doze grupos focais, ouviu adolescentes, universitárias, mulheres grávidas, casadas, atletas, executivas e recém-separadas.
Com que método eu vou?
A sensibilidade de cada mulher à dor, a raça, o tom da pele, o momento sexual vivido, estar ou não grávida, idade, orçamento, nível de informação, e mesmo o momento psicológico de cada uma impacta nas escolhas dos métodos adotados.
Na entrada do universo adulto elas, na maioria das vezes, adotam o método utilizado pela mãe. Conforme elas vão ganhando independência financeira, buscam outras soluções. Mas, de forma unânime, para elas o ideal está em soluções de longa duração ou permanentes.
Cada vez mais, as mulheres têm investido em opções com melhor custo benefício para os tratamentos de beleza. Sem abrir mão da rotina de beleza, elas investem em tratamentos descomplicados e que possam ser feitos em casa.
Depilação é assunto de homem?
A pesquisa da Philips conduzida apenas com mulheres, revelou que não são só elas que têm falado sobre o assunto, e cada vez mais, depilação é um papo também de casal. Os homens, de acordo com o estudo, conversam e opinam sobre a depilação delas. Além disso, cada vez mais, esses estão adotando o método de depilação em algumas áreas do corpo. Ainda sobre a intimidade do casal, quando se trata de sexualidade, mulheres que foram ou estão casadas relataram situações em que a depilação funcionou como um termômetro do relacionamento em determinados momentos tanto para elas quanto para eles.
De modo geral, o tema depilação está em pauta nas conversas femininas. Para elas, é mais do que um momento de beleza e se relaciona, principalmente, com atitude e comportamento. Atenta para este cenário, a Philips investe em inovações específicas para atender o público consumidor feminino por meio de soluções em produtos que entendam as preferências das mulheres quando o assunto é depilação.

You May Also Like

0 Comentaram