Business Meeting Pasta: Amore & Fantasia, promovido pela Italian Trade Agency (ITA)

by - outubro 25, 2017


No dia 24 estive presente no business meeting “Pasta: Amore & Fantasia”, promovido pela Italian Trade Agency (ITA), um evento feito para intensificar o intercâmbio comercial entre produtores italianos de massas e potenciais compradores brasileiros, durante o qual seis das principais empresas do setor daquele país apresentaram seus produtos e novidades a dezenas de convidados, como donos de restaurantes, buyers e representantes de empresas de varejo.

A diretora da ITA, Erica Di Giovancarlo, destacou a importância do mercado brasileiro para a Itália, uma vez que o País é um dos seus maiores compradores internacionais. Em 2016, as importações brasileiras de massas italianas atingiram US$ 22,5 milhões e, entre janeiro e setembro deste ano, já chegam a US$ 21 milhões, registrando um aumento de 27% em relação ao mesmo período do ano passado. Do total de massas importadas pelo Brasil neste período, 76,88% vieram da Itália.


“Esta foi uma excelente oportunidade para os interessados conhecerem melhor as qualidades da famosa “pasta de grano duro” e, assim, abrir novas oportunidades de vendas no País”, disse a diretora da ITA. A Itália é o maior produtor e exportador de massas do mundo. O Brasil aparece no ranking de consumo do setor como o terceiro colocado, ficando atrás somente da própria Itália e dos Estados Unidos.

O presidente da Associação Italiana de Produtores de Massa, Paolo Barilla, lembrou do papel tradicional da massa no seu país de origem. “A pasta é uma verdadeira paixão no dia a dia da Itália, que foi levada pelos imigrantes para outros países como parte de sua cultura. Sempre esteve ligada a uma mensagem positiva, à evolução da gastronomia, ao gosto, à correta nutrição e à saúde”, disse.  Segundo Barilla, a massa não faz diferença entre classes sociais e todos se alimentam dela sem discriminação. “Quem ajuda a difundir esta mensagem são os grandes chefs, pessoas intuitivas que traduzem suas mensagens por meio da massa”.
Cônsul-geral da Itália em São Paulo, Michele Pala, Paolo Barilla e Erica Di Giovancarlo
Também compareceram ao evento o cônsul-geral da Itália em São Paulo, Michele Pala, o diretor da Associação Italiana de Produtores de Massa, Cristiano Laurenza, e o presidente da Abimapi – Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados, Claudio Zanão.

Os representantes das empresas Barilla, Pasta Agnesi, Divella, Pastificio Garofalo, Pasta Zara e Pastificio Di Martino fizeram uma apresentação de seus produtos, para incrementar ainda mais as apresentações foi feita uma degustação de ingredientes das marcas, com pratos preparados por dois chefs vindos especialmente da Itália - Giacomo Campodenico, da Ligúria e Angelo D’Amico, de Campania. O evento “Pasta: Amore & Fantasia” fez parte da 6ª Settimana della Cucina Regionale Italiana.

Empresas italianas participantes do Business Meeting “Pasta: Amore & Fantasia”.

Pasta Agnesi

Pasta Agnesi: Fundada em 1824, a Agnesi é uma das marcas de macarrão mais antigas da Itália. Com um processo de secagem lenta, a massa possui uma cor amarelada, é rica em proteínas e tem um excelente cozimento al dente. Entre os produtos, destaca-se a linha de Macarrão de Trigo Duro, nas versões Clássico, Especialidades e Trigo Integral, Macarrão com ovos frescos italianos e Molhos Pestos e Vermelhos.
Pasta Barilla

Barilla: Criada em 1877 em Parma, na Itália, a Barilla opera em mais de 100 países, onde é reconhecida por sua caixa azul. É líder mundial no setor de macarrão e líder na Itália nos setores de molhos e em produtos de padaria.  Tem como objetivo ser a escolha preferida dos consumidores que possuem hábitos alimentares saudáveis inspirados pelo estilo de vida mediterrâneo e seu slogan é “Bom para você, Bom para o planeta”. Entre seus principais produtos estão o Integrale, o 5 Cereali, o Glúten Free, o Trigo Macio com Ovos e os molhos de Tomate e Pesto Genovese, sem conservantes ou aromatizantes.
Divella: A Divella produz massas de sêmola de trigo duro há mais de 125 anos. Sua história começou em 1890, quando o fundador Francesco Divella construiu o primeiro moinho de trigo em Rutigliano, uma pequena cidade agrícola no sul da Itália. Possui 150 diferentes formatos de macarrão, com grande variedade de cortes, e complementa seu portfolio com a linha de produtos de tomate Divella, conhecida como "Linea Rossa", composta por tomates inteiros pelados, massa de tomates, tomate em cubos, tomate cereja e tomate fatiado. Também atua com farinha de trigo macio e sêmola de trigo duro para pães e bolos, arroz, biscoitos, croissants, legumes enlatados, azeite extra-virgem, vinagre balsâmico, polenta e cous cous.
Pasta Zara: Com mais de um século de história, a Pasta Zara foi a primeira empresa italiana a exportar macarrão, graças ao empreendedorismo de seu fundador, Furio Bragagnolo, e de seus irmãos. As exportações hoje representam 88% da produção da Zara, que vende para 108 países. Seu macarrão é extrudado em bronze, criando uma superfície áspera e crespa, capaz de exaltar os condimentos e tem um colorido dourado graças à especial qualidade do grão e de uma cuidadosa seleção de sêmolas provenientes da busca das melhores variedades de trigo duro e dos melhores cultivos.
Pastificio Di Martino
Pastificio Di Martino: O Pastificio di Martino foi fundado em 1912 em Gragnano. Mantendo a tradição e usando alta tecnologia para selecionar suas matérias-primas, o Pastifício Di Martino mantém em segredo suas receitas do macarrão Gragnano IGP, que usa as melhores sêmolas de trigo dura nacional e as águas puras de fontes locais, é extrudado em bronze e seco lentamente a baixa temperatura. O grupo Di Martino é proprietário de quatro marcas: o Pastificio Di Martino, o Pastificio dei Campi, o Pastificio Antonio Amato e Cook Italia. Em 2017 o grupo adquiriu a maior parte do Grandi Pasta Italiani, aumentando para sete suas unidades de produção.

Pastificio Garofalo: O Pastifício Garofalo nasceu em 1789 em Gragnano, chamada de “Pátria do Macarrão” e, no início dos anos 1990, já se situava entre os maiores pastifícios italianos. Tem mais de 80 formatos de massas, mantendo sua inteligência artesanal ao mesmo tempo que utiliza tecnologia desenvolvida de forma a controlar todas as etapas de produção, desde a escolha da sêmola até as embalagens especiais para cada formato, como pacchero, espaguete ou vermicello. Assim, cada formato é um macarrão diferente e não o mesmo macarrão com uma forma diferente.

Sobre a ITA – Italian Trade Agency – www.ice-sanpaolo.com.br

A agência do Governo Italiano com a missão de promover o intercâmbio comercial e tecnológico entre a Itália e os demais países, sobretudo no que tange as empresas de pequeno e médio porte, trabalho que realiza ininterruptamente, há quase um século. Por meio de uma rede 77 escritórios espalhados pelo mundo, garante apoio abrangente às empresas italianas que desejem atuar no exterior, fornecendo-lhes informações econômicas, legais, fiscais e mercadológicas, bem como identificando parceiros e oportunidades de negócios e realizando um acurado plano de ações promocionais, que incluem os Pavilhões Oficiais Italianos em exposições internacionais, a organização de missões de empresários e jornalistas estrangeiros à Itália, bem como de italianos ao exterior, a gestão de cursos e palestras e o desenvolvimento de campanhas publicitárias em veículos econômicos e dirigidos. 

 

 

You May Also Like

0 Comentaram